Youdressed office

A evolução do teletrabalho


O trabalho ao longo dos anos passou por várias formas de reestruturação, devido à adaptação aos costumes e princípios de cada povo, sendo influenciados por fatores políticos, sociais e económicos.

Em 1857, nos Estados Unidos, surgiu pela primeira vez o trabalho remoto na realização de trabalhos com telégrafo uma vez que não interessava onde o operador estava desde que tivesse acesso às infraestruturas necessárias e para além disso permitia o trabalho em qualquer horário. Contudo, o termo teletrabalho surgiu mais tarde, em 1970, quando o mundo passava pela crise do petróleo. Uma vez que as despesas associadas ao deslocamento para o trabalho se tornaram significativas e insuportáveis para inúmeras empresas o home office tornou-se uma alternativa viável para algumas atividades.

Com a Revolução Industrial e a Revolução das Telecomunicações, o surgimento e a evolução de equipamentos e sistemas de informação e comunicação, permitiu o acesso generalista de computadores e telemóveis com acesso a internet, levando a um aumento do teletrabalho. Contudo, ainda eram uma minoria estes trabalhadores nos tempos decorrentes.

Assim como na crise do petróleo, agora com a pandemia do novo coronavírus voltou-se a verificar um aumento do teletrabalho, mas mais intenso desta vez. De modo a promover o isolamento social, muitas empresas para manter o seu funcionamento encontraram nesta forma de trabalhar uma boa solução.

Muitos já discutem que o mundo do trabalho nunca será o mesmo, existindo um investimento em perceber e estudar os benefícios e desvantagens decorrentes desta adaptação com o intuito de delinear a melhor estratégia de trabalho nos próximos tempos.